Patronos 1

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA (PATRONA)

Nossa Senhora de Fátima ou, como também é conhecida, Nossa Senhora do Rosário de Fátima, é umas designações atribuídas à Virgem Maria que mais encanta e conquista os fiéis ao redor do mundo, por ser, sem dúvida, a mais profética das aparições modernas. Tudo começou na Cova da Iria, a 2,5 km de Fátima, Portugal, quando sobre a copa de uma pequena árvore azinheira, três crianças, Lucia, Francisco e Jacinta afirmam terem visto uma “Senhora mais brilhante que o Sol”. Era uma senhora vestida de branco, que irradiava uma luz extremamente clara e intensa. Sua face era indescritivelmente bela e transmitia um ar sério; as mãos juntas, apoiadas no peito e voltadas para cima, como se estivesse a rezar, da mão direita pendia um rosário e, usava um manto branco com as bordas douradas. As três crianças que testemunharam o aparecimento, foram privilegiadas, mas de diferentes maneiras. As três eram capazes de ver a Senhora, mas Francisco não A ouvia; Jacinta A via e ouvia, mas não lhe falava; Lúcia via e ouvia, além de também falar com ela.

No começo as crianças se assuntaram, mas Nossa Senhora de Fátima as tranquilizara, dizendo para não temerem e que ela era do Céu. Nos diálogos com Lucia, Nossa Senhora clamou: “Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, sempre no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Em seguida, voltarei aqui ainda uma sétima vez”, além de pedir que “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo, e o fim da guerra”. Com uma mensagem de conversão e arrependimento, Nossa Senhora de Fátima, insistiu na oração do terço todos os dias e na importância de ser aprender a ler. Pois somente assim o mundo teria uma chance de paz. No começo, ninguém acreditava nas crianças e estas, com medo das perseguições que sofriam, solicitaram inúmeras vezes à Senhora um milagre e a cura de algumas pessoas para que passassem a acreditar nelas.
Porém, Nossa Senhora de Fátima, insistia que iria curar algumas caso elas se convertessem e rezassem o terço, mas que alguns ainda não teriam cura. Além disso, afirmava que: “Em outubro virá também Nosso Senhor, Nossa Senhora das Dores e do Carmo, São José com o Menino Jesus, para abençoarem o mundo… Em outubro farei um milagre para que todos acreditem”.

INSPIRAÇÕES

Buscar a santidade em missão é um ato de coragem! Por isso, o curso Enchei-vos do Espírito Santo se inspira em 2 Santos católicos, que participaram intensamente na formação do carisma do curso: Santa Terezinha do Menino Jesus e São Bento.

Patronos 2

SANTA TERESINHA

Padroeira das missões, Santa Teresinha, nos mostra que pela oração, podemos nos tornar missionários. 
Com simplicidade, Terezinha amou a Deus e foi uma apóstola sedenta em conduzir as pessoas ao conhecimento do amor misericordioso de Deus.
“Sigamos o caminho da simplicidade. Entreguemo-nos com todo o nosso ser ao amor. Em tudo busquemos fazer a vontade de Deus. O zelo pela salvação das pessoas devore nosso coração”, Santa Terezinha.

Patronos 3

SÃO BENTO

Instrumento de adoração e devoção de fé, a medalha é um dos maiores símbolos e heranças deixadas por São Bento, que usava com frequência o sinal da cruz. Utilizava como forma de proteção, salvação e afirmação da vida e obra de Jesus. São Bento viveu a radicalidade evangélica, sendo conhecido como Santo Protetor através da poderosa oração que nos livra do mal.
Oração: 
“A Cruz Sagrada seja a minha Luz. 
Não seja o dragão o meu guia. 
Retira-te satanás. 
Nunca me aconselhes coisas vãs. 
É mau o que tu me ofereces. Bebe tu mesmo o teu veneno”.

Patronos 4
Scroll Up